IS-Estética

Lipoenzima

LIPOENZIMA:

A lipo enzimática é um tratamento dermatológico que auxilia na perda de gordura. Para quem deseja emagrecer, mas não quer recorrer à tradicional lipoaspiração, utilizar a aplicação de enzimas para atingir seu objetivo é uma ótima alternativa.

Os resultados do procedimento são muito positivos e conseguem atingir áreas de gorduras localizadas que dificilmente saem com exercícios físicos. Quer saber mais? Então veja tudo sobre esse tratamento comigo e descubra se ele é o mais indicado para o seu caso.

O que é lipo enzimática?

A lipo enzimática é um dos procedimentos de emagrecimento que você pode realizar, sem necessidade de intervenção cirúrgica.

O tratamento consiste na aplicação de enzimas que destroem a gordura corporal de determinada área. E as substâncias aplicadas são selecionadas de acordo com cada paciente e foco de ação.

Uma das maiores vantagens da lipo enzimática é a sua recuperação, uma vez que o procedimento não é invasivo como em outros métodos. Assim, quem não pode – ou deseja – ficar um tempo por conta do pós-operatório, consegue um resultado muito satisfatório com injeções.

Qual parte do corpo a lipo enzimática pode ser feita?

A lipo enzimática pode ser realizado em muitas regiões do corpo, mas há aquelas que, por serem mais comum, respondem melhor ao tratamento. São elas:

  • Abdômen;
  • Culote;
  • Flancos (costas);
  • Papada;
  • Abaixo dos glúteos (entre o posterior da coxa e o bumbum).

Como funciona a lipo enzimática?

A aplicação das enzimas não exige cuidados ou restrições antes do procedimento. No dia do atendimento, o profissional deve higienizar a área tratada e aplicar injeções nos pontos estratégicos.

O processo não é demorado, cerca de alguns minutos e você estará pronto para retomar suas atividades normais.

Ainda assim, para que não haja complicações, uma avaliação médica deve ser feita anteriormente. Além de analisar as características do seu quadro, o profissional definirá o tipo de enzimas e o número de sessões.

As aplicações podem ocorrer de duas maneiras: intramuscular ou subcutânea. A primeira é indicada para quem deseja um emagrecimento geral. Seu objetivo é estimular o metabolismo e acelerar a perda de gordura corporal.

Já a subcutânea é para perda de gordura localizada, e é aplicada na área a ser tratada.

Em todos os casos, os resultados da lipo enzimática são satisfatórios, mas podem ser influenciados por características pessoais do paciente como idade, hábitos alimentares e prática de atividade física.

Após o tratamento, a região pode apresentar inchaço, hematomas e nódulos. Essas reações são comuns e não exigem maiores preocupações. No entanto, caso não desapareçam em duas semanas, o médico deve ser procurado novamente.

Quais os riscos da lipo enzimática?

Assim como todo procedimento estético, antes de optar por uma lipo enzimática a avaliação médica é recomendada. A técnica é muito segura, mas também possui contraindicações: pessoas com doenças autoimunes, doenças de pele, alérgicas às enzimas, gestantes e lactantes devem evitar o tratamento.

Quais são os cuidados após o procedimento?

Após iniciar as sessões, alguns cuidados são indicados, como:

  • Usar protetor solar na área tratada;
  • Associar o tratamento com drenagem linfática após a primeira semana da aplicação;
  • Aliar o procedimento com atividades físicas e alimentação balanceada;
  • Evitar o uso de anti-inflamatórios durante o tratamento.

Seguindo as orientações, será possível perceber a redução gradual da gordura corporal. Vale lembrar que cada organismo responde de forma única, e alguns fatores genéticos pessoais podem interferir no tratamento.