IS-Estética

Limpeza de Pele

Além de remover as impurezas e a controlar a oleosidade, a limpeza de pele ajuda a abrir os poros e deixar a pele respirar, evitando assim o surgimento de cravos e espinhas. E o melhor: ainda garante aquele glow incrível para o rosto! Se você ainda tem dúvidas sobre as vantagens da limpeza de pele diária, como implementá-la e quais produtos utilizar, explicamos tudo abaixo. Dá só uma olhada!

 

O que é a limpeza de pele?

Muito se ouve falar sobre a limpeza de pele, mas você sabe ao certo o que é? Trata-se de um procedimento estético realizado por um profissional (dermatologista ou esteticista) que tem como objetivo remover as impurezas do rosto. Através desse ritual é possível eliminar resquícios de sujeiras do dia a dia, que estimulam a produção de radicais livres. Acumulados, eles podem favorecer o envelhecimento precoce da pele e o aparecimento de cravos e espinhas. Além disso, a técnica é usada para prevenir a formação de acne, tratar espinhas já existentes e remover cravos através da extração. Outro benefício é a uniformização do tom da pele, que pode ser percebida quase que instantaneamente.

 

Qual a diferença da limpeza de pele para a limpeza comum?

É comum que algumas pessoas confundam a limpeza de pele com a limpeza comum. A primeira se trata de um procedimento que não deve ser feito todos os dias e que ajuda a limpar mais profundamente, tirando todas as impurezas acumuladas. Ela ajuda a desobstruir os poros e, consequentemente, tratar lesões e inflamações de acne. Quanto à frequência, a limpeza de pele deve ser feita mensalmente se sua pele for oleosa ou a cada dois meses nas peles secas e sensíveis.

 

Já a limpeza comum, é um cuidado diário, que deve fazer parte de toda a rotina de skincare para limpar e eliminar as impurezas do dia a dia, como resquícios de maquiagem ou poluição. Nesse caso, o procedimento pode ser feito com água micelar ou um sabonete específico para o seu tipo de pele.

 

Quais são os benefícios da limpeza de pele?

– Ajuda a prevenir o surgimento de cravos e espinhas;

– Remove as células mortas e estimula a renovação da pele;

– Contribui para a redução e controle da oleosidade;

– Uniformizar a pele;

– Combate os principais sinais do envelhecimento precoce, como rugas e linhas de expressão;

– Promove a desintoxicação da pele;

– Garante a sensação de pele limpa e suave por mais tempo.

 

Quais são as etapas da limpeza de pele?

– Higienização;

– Vaporização;

– Esfoliação e/ou extração de cravos;

– Tratamento;

– Hidratação;

– Proteção.

 

O tratamento é indicado para todos os tipos de pele? 

Embora a limpeza de pele seja bastante conhecida por ser a salvação para quem possui tendencia a oleosidade, quem tem a pele seca, sensível ou desvitalizada também pode (e deve!) investir no tratamento sem medo. Nesses casos, vale lembrar que é necessário a ajuda de um profissional especializado para evitar possíveis reações, como manchas vermelhas no rosto, aumento da sensibilidade, irritação e inchaço na região. Além disso, é importante respeitar o intervalo entre as sessões recomendados pelo especialista.

 

Posso fazer o procedimento quando estiver com a pele bronzeada?  

É melhor não. Acontece que após a exposição prolongada ao sol, é comum que a melanina – substância responsável pelo escurecimento da pele – esteja funcionando à todo vapor. Por isso, o contato com alguma substância mais agressiva e até mesmo a manipulação durante a limpeza de pele pode provocar o surgimento de manchas que vão ficar ainda mais evidentes quando o bronzeado sumir.