IS-Estética

Alta Frequência

Alta frequência é uma técnica antiga em que se utilizam eletrodos de vidro com uma corrente alternada de alta frequência. Dentro desse eletrodo de vidro existe um gás com propriedades físico-químicas que facilitam a transmissão da corrente para o outro extremo do eletrodo, esse gás pode ser argônio, neônio ou xenônio. A diferença de potencial entre a pele e o eletrodo provoca faiscamento. Toda faísca transporta energia, que será absorvida pela pele. O tecido transforma essa energia em calor (efeito térmico) e depois em ozônio na parte externa do vidro. Assim a alta frequência é um recurso vasodilatador, hiperemiante, sedante e antisséptico.

Efeitos

Efeito Térmico

O principal efeito das correntes de alta frequência ao atravessar o organismo é a produção de calor, que tem por base o efeito Joule. Do efeito térmico, pode-se deduzir outro efeito como o de vasodilatação periférica local. Devido ao calor gerado, consegue-se um aumento do fluxo sanguíneo e, portanto, se produz uma melhora do trofismo, da oxigenação e do metabolismo celular. Apesar disso, verificamos que o efeito térmico do aparelho de alta frequência não é tão pronunciado como visto em outros recursos de alta frequência usados na fisioterapia, tal qual as ondas curtas e o micro-ondas. Em algumas situações, verificamos uma leve sensação de calor quando usamos o aparelho de alta frequência com uma potência mais alta e por um maior tempo de aplicação. Entretanto, esses parâmetros não são vistos com frequência na prática clínica, onde normalmente se utilizam doses baixas e por pouco tempo de aplicação.

Vasodilatação e Hiperemia

Aparecem como consequência do efeito térmico, onde a vasodilatação provoca um aumento da circulação periférica local, gerando a hiperemia na pele. Assim como no efeito térmico, a hiperemia também só ocorre com uso de intensidade alta, por um tempo maior de aplicação, portanto este efeito normalmente não é verificado.

Aumento da Oxigenação Celular

Este aumento está associado à vasodilatação, e consequente aumento do fluxo sanguíneo, aumentando assim o aporte de oxigênio por intermédio do sangue.

Bactericida

Elimina bactérias anaeróbias.

Bacteriostática

Diminui a proliferação de bactérias aeróbias.

Fungicida

Eliminação de fungos.